25 de Dezembro de 2021
Consultar edições passadas

Edição de Sábado: Em busca de Maria



A cena é universalmente conhecida. Nela há uma estrela que guia, a manjedoura de palha num estábulo em Belém, também o burrico, o boi, no centro o bebê que foi Jesus, ao redor seu pai José e a mãe — Maria. Quem primeiro apresentou assim esta cena, inspirada nos Evangelhos de Mateus e Lucas, foi são Francisco de Assis, no ano de 1223. É a cena do natalício de Cristo, em 25 de dezembro, que hoje completa 2021 anos. É o Natal. No centro deste presépio está o menino que os cristãos consideram filho de Deus, alguns deles o próprio Deus. Mas não é apenas ele, hoje, cuja história tentaremos recontar. É principalmente a da moça, a quase menina a seu lado, de 14, talvez 15 anos, Maria. Não é uma história trivial porque o que temos de fato para além dos textos religiosos é muito pouco, é quase nada. Não há, aliás, rigorosamente nenhum registro histórico de que esta cena tenha ocorrido. As dificuldades são maiores, até. Todas as referências dadas pelos dois evangelistas se desmontam perante o registro histórico.




Esta edição só está disponível para os Assinantes Premium do Meio.

Já é assinante? Faça login.

Conheça: Chega mais rápido, edição extra de sábado, editoria de economia na edição diária e acesso ao Monitor, o software que usamos para ver as notícias de todos os sites em tempo real.


Mensal: R$ 9,90


Anual: R$ 99,00